PMCE inicia curso de formação dos Caveiras no estado do Ceará nesta sexta

coesp pmce

Após 21 anos, começa o 2º Curso de Operações Especiais do Estado do Ceará (Coesp), que tem início nesta sexta-feira, 1º. Popularmente conhecido como o curso de formação dos Caveiras, tem a participação de 44 alunos, entre oficiais e praças. O curso tem o objetivo de atuar na guerra urbana contra facções criminosas que possuem articulação nacional e que vivem do tráfico de drogas e do mercado ilegal de arma de fogo. As informações são do coordenador do curso e comandante do Policiamento Especializado, coronel Aginaldo de Oliveira.
Conforme o coordenador, o curso tem duração de 16 semanas. Começa em setembro e finaliza no começo de janeiro. Durante o mês de novembro, o curso acontece fora do Estado. O primeiro lugar a ser visitado é Belém, no Pará, na base dos fuzileiros navais, em seguida Goiás, para o Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar de Goiás. Ainda em Goiás haverá visita ao Batalhão de Forças Especiais do Exército Brasileiro, onde os alunos devem conhecer a atuação das operações especiais dos exércitos. Saindo de Goiás, os alunos seguem para o Rio de Janeiro e vão conhecer o Batalhão de Operações Especiais (Bope).

Os alunos devem passar uma semana com os caveiras do Rio de Janeiro em treinamento de operações em áreas de alto risco. Por último, a viagem para Recife, onde conhecerão a Companhia Independente de Operações e Sobrevivência em Área de Caatinga (Ciosac). Equipes com instrutores de outros estados também visitarão o Ceará. No curso de 1996 entraram 50 alunos e terminaram 14. Já o curso que começa nesta sexta-feira, 1º, começa com 12 oficiais e 32 praças, entre os oficiais existem profissionais do Amazonas e Mato Grosso.

 Alunos

Concludente do curso de 1996, o caveira 23, subtenente Olavo Goes, explica que o curso tem a mesma doutrina em todo o Brasil. “O que muda de 1996 para cá é a evolução da criminalidade. O curso se moldou nesse sentido, em trabalhar o homem no sentido de superação da fadiga, fome, sede, frio e calor, privações de uma forma geral”, ressalta.

Outro pronto citado pelo militar é como o homem é antes e o que ele se torna depois do curso. “Ele trabalha em todo tipo de ação relacionado a Polícia Militar, como salto de paraquedas, salvamento aquático, explosivos. O psicológico é trabalhado para se comportar em situações de maior complexidade, no controle emocional”, ressalta.

 

Segundo um dos alunos que vão participar do curso, mas que pediu para não ser identificado, o curso de operações especiais era um desejo antigo e difícil, já que no Ceará não era realizado há mais de 20 anos. No entanto, veio a oportunidade do curso no Estado.

Os policiais que vão começar o curso passaram por um teste físico. De 68 inscritos, 38 obtiveram êxito. “O curso começa amanhã e hoje é só despedida da família. Não sabemos quando há liberação para visitá-los. Um curso desses deixa o ser humano preparado para qualquer situação policial”, ressalta.

Serviço 

Aula inaugural do 2º curso Coesp

Data: 01 de novembro de 2017

Horário: 9 horas

Local: auditório da Academia Estadual de Segurança Pública

Avenida Presidente Costa e Silva, 1251, Mondubim

Fonte: O Povo

Compartilhar
ACSMCE
ACSMCE
Este artigo foi produzido por um dos redatores especialistas da base da ACSMCE. Fique ligado, quase todos os dias temos conteúdo novo.

POSTS RELACIONADOS

RELACIONADOS
LOCALIZAÇÃO
Av. Imperador, 1600 - Centro - Fortaleza-CE
CEP: 60015-052
CONECTE-SE
Siga nossas redes sociais e fique por dentro de todas as novidades da ACSMCE.
© 2016 ACSMCE. Todos os direitos reservados