Suposta greve de fome em CPPLs seria estratégia para rebelião

cppl site

Quase 300 celulares foram apreendidos em três dias dentro das Casas de Privação de Liberdade (CPPLs) 3 e 4, no Complexo de Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza. Ontem, uma vistoria foi realizada após a informação de uma suposta greve de fome e ameaça de uma ação violenta por parte dos detentos da CPPL 4.

O presidente do Conselho Penitenciário do Ceará, Cláudio Justa, conta que os detentos estavam negando o recebimento de alimentos fornecidos pelo Governo do Estado, mas a vistoria mostrou que havia armazenamento de comida, que era levada por familiares. “De fato, eles estavam preparando uma grande ação, que resultaria em violência. Diante dos atos, a direção da unidade acionou os setores competentes para as medidas preventivas”, afirma Cláudio Justa.

De acordo com a Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus), as vistorias foram realizadas por agentes penitenciários e policiais do Batalhão de Choque (BPChoque).

O POVO apurou com uma fonte ligada à Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) que as vistorias na CPPL 4 aconteceram nas ruas A, B e E. “Foi relatado que os internos estavam em greve de fome, mas cheios de comida nas celas. Tudo aconteceu sem nenhum tipo de confronto”, relata a fonte.

Apreensões

Conforme a Sejus, 87 celulares foram apreendidos, na manhã de ontem, na CPPL José Jucá Neto, a CPPL 3. Além dos celulares, foram encontrados 60 chips. Na última segunda-feira, 6, foram apreendidos 175 celulares na mesma unidade. Já na terça, 7, uma vistoria foi realizada na CPPL 3 e resultou na apreensão de 37 celulares e cerca de 700 gramas de maconha.

 

Sobre a greve de fome contestada pelo Conselho Penitenciário, a Sejus divulgou, por meio de nota, que internos da CPPL 4 realizaram o movimento por dois dias. “A reivindicação era por mais agilidade na entrada das visitas e por aumento no fornecimento de água”, divulgou.

 

Saiba mais

As CPPLs 2, 3 e 4 fazem parte do Complexo Penitenciário de Itaitinga. As três unidades são as únicas em que os detentos permanecem livres dentro das vivências, já que os xadrezes ficam abertos devido à superlotação. A Sejus informa que nove penitenciárias estavam com presos fora das celas, mas que conseguiu reduzir o número com as reformas e criação de novas unidades.
No dia 19 de janeiro, na CPPL 3, houve uma tentativa de resgate que terminou com um suspeito morto e um PM ferido. Ninguém fugiu. O morto foi identificado como João Cleiton Carneiro de Oliveira, 26, que respondia pelos crimes de homicídio, roubo e porte de arma. No dia seguinte, vistorias foram realizadas e foram apreendidas munições. Nenhuma arma foi encontrada.

Fonte: O Povo

Compartilhar
ACSMCE
ACSMCE
Este artigo foi produzido por um dos redatores especialistas da base da ACSMCE. Fique ligado, quase todos os dias temos conteúdo novo.

POSTS RELACIONADOS

RELACIONADOS
LOCALIZAÇÃO
Av. Imperador, 1600 - Centro - Fortaleza-CE
CEP: 60015-052
CONECTE-SE
Siga nossas redes sociais e fique por dentro de todas as novidades da ACSMCE.
© 2016 ACSMCE. Todos os direitos reservados