Odebrecht fecha acordo de delação com Cid citado na planilha da propina da empreiteira

01

02Após oito meses de negociação, mais de 50 executivos da Odebrecht, incluindo o ex-presidente Marcelo odebrecht, fecharam acordo de delação premiada, e a Operação Lava Jato chega cada vez mais perto do ex-governador Cid Gomes (PDT).

Cid foi citado na lista da planilha da propina da Odebrecht, com o codinome “O Falso”, ao lado da quantia de R$ 200 mil. O envolvimento do ex-governador no esquema de propina da empreiteira pode prejudicar os planos da família Ferreira Gomes para 2018, tanto no Palácio da Abolição quanto na disputa da presidência, com Ciro Gomes hoje pré-candidato.

“Não vai ser o fim do mundo, mas são informações suficientes para colocar o sistema político em xeque”, resumo um dos envolvidos nas tratativas entre investigados, advogados e força-tarefa. Os acordos de delação darão um novo impulso à Lava-Jato, mas já criaram um problema estrutural para o Ministério Público Federal. Dez investigadores estão destacados para interrogar mais de 50 delatores. Um número, ainda não confirmado, indica a existência de 68 delatores.

OS INTERROGATÓRIOS

A reportagem do O Globo informa ainda que os interrogatórios serão feitos em Curitiba, onde Marcelo Odebrecht está preso, e também em Brasília, São Paulo e Salvador. Desta vez os delatores deverão apresentar detalhes sobre corrupção em obras federais e estaduais. O que torna o trabalho ainda mais complicado.

Fonte: Cearanews7

Compartilhar
ACSMCE
ACSMCE
Este artigo foi produzido por um dos redatores especialistas da base da ACSMCE. Fique ligado, quase todos os dias temos conteúdo novo.

POSTS RELACIONADOS

RELACIONADOS
LOCALIZAÇÃO
Av. Imperador, 1600 - Centro - Fortaleza-CE
CEP: 60015-052
CONECTE-SE
Siga nossas redes sociais e fique por dentro de todas as novidades da ACSMCE.
© 2016 ACSMCE. Todos os direitos reservados