Presidente da ACSMCE persiste na ALCE

alce-29-12-site

Mais uma manhã de maratona na Assembleia Legislativa. O presidente da Associação dos Cabos e Soldados Militares do Estado do Ceará, 1º SGT PM Eliziano Queiroz percorreu os gabinetes dos deputados estaduais a procura da mensagem da “Média do Nordeste”.

Quinta-feira, 29 de dezembro, e a Assembleia Legislativa estava com seu funcionamento parcial, com os poucos servidores organizando seus setores. A primeira do presidente da ACS foi no gabinete do deputado estadual e líder do governo Evandro Leitão (PDT), mas foi informado pela única funcionária presente que só estava lá apenas para pegar alguns pertences e que expediente agora, “somente em 2017, depois do dia 05 [de janeiro]”.

dsc_0721Seguindo a adiante, o 1º SGT Eliziano visitou o setor legislativo daquela casa, quando interpelou aos poucos servidores sobre a mensagem da “Média”, e foi respondido que a mensagem não havia chegado e caso chegasse entre hoje (29) e amanhã (30) só seria enviada para o setor em janeiro. Mais uma porta a ser batida: presidência da ALCE. “Estamos aqui batendo de porta em porta por um simples motivo, a mensagem oriunda do governo do estado deveria ter sido entregue sexta feira passada [23] e não foi. O deputado Evandro nos afirmou que seria encaminhada ainda esse ano. Estamos aqui, de guarda, esperando. É de interesse de toda a categoria”, enfatizou o presidente Eliziano Queiroz. dsc_0723

A visita a ALCE finalizou no gabinete do deputado Renato Roseno (PSOL). Conversando sobre assuntos de importância para a categoria, como homicídios e suicídios, o deputado estadual citou sobre um projeto de indicação de sua autoria que, se votado, aprovado e acatado pelo governador, será mais um benefício para a classe. “Estamos com um projeto de indicação pronto para ser votado desde o início do ano que inclui os militares na lei estadual de Assédio Moral. Já pedimos inúmeras vezes para que o projeto seja colocado em votação, mas não conseguimos. Vamos continuar lutando para que entre agora no início de 2017”, salientou a luta o parlamentar do PSOL.

“Conversamos sobre os problemas básicos enfrentados pela segurança pública cearense como a falta de treinamento continuado, a falta dos POPs [procedimento operacional padrão], que tem nas demais polícias, menos na cearense; falamos sobre o índice alarmante de homicídios e suicídios de agentes da segurança pública; sobre as taxas de homicídios e sobre o mapeamento feito pelo gabinete do deputado Renato, onde consta os 17 bairros com os maiores índices de mortes. Saímos da AL hoje com uma proposta conjunta de realizarmos um debate mesmo que mensal entre a população, os militares e os parlamentares, para que possamos diminuir as pontes existentes entre a comunidade e a polícia”, finalizou o presidente da ACS, SGT Eliziano Queiroz.

#ACSPresente

Compartilhar
ACSMCE
ACSMCE
Este artigo foi produzido por um dos redatores especialistas da base da ACSMCE. Fique ligado, quase todos os dias temos conteúdo novo.

POSTS RELACIONADOS

RELACIONADOS
LOCALIZAÇÃO
Av. Imperador, 1600 - Centro - Fortaleza-CE
CEP: 60015-052
CONECTE-SE
Siga nossas redes sociais e fique por dentro de todas as novidades da ACSMCE.
© 2016 ACSMCE. Todos os direitos reservados