Deputado Cabo Sabino vai para o Chile, em comitiva, para estudar a unificação das policias no Brasil

sabino viagem

Com problemas similares aos do Brasil, o Chile soluciona 92% dos crimes e é considerado modelo em segurança pública. No país, são apenas duas corporações: Os carabineiros, considerados incorruptíveis, e equiparados a nossa policia militar, e a PDI – Polícia Investigativa, que se equipara a Polícia Civil no Brasil. No País é natural que, um dia depois a prisão de um criminoso, o réu esteja diante do juiz.

Essa agilidade é uma das causas da ida, em comitiva, dos parlamentares que integram a Comissão Especial destinada a estudar e apresentar propostas de unificação das polícias civis e militares, no último dia 23.

A ideia é implantar um novo sistema de segurança pública em que a mesma polícia faça o patrulhamento das ruas e investigue os crimes cometidos. Isso eliminaria a diferenciação de funções entre o Policial Militar e a Civil.

O colegiado tem até o fim desta legislatura para estudar modelos que unifiquem a atuação de aproximadamente 425 mil PMs e 117 mil policiais civis, que atuam nos estados brasileiros. A intenção é que, ao final, os parlamentares possam apresentar uma medida que atenue as sucessivas crises da segurança pública que culminou em recentes greves nas corporações e massacres em presídios.

O sistema de segurança chileno funciona e começa com os carabineiros. É uma força de quase 55 mil homens e mulheres bem treinados e equipados.

O Deputado Federal Cabo Sabino, vice-presidente da Comissão, em seu primeiro dia na cidade de Santiago, visitou a academia de formação dos agentes e investigadores da polícia, juntamente com os Deputados Vinicius Carvalho, relator, e Leonardo Souto, presidente da Comissão de segurança pública.

“A Polícia de Investigação do Chile possibilita que, 92% dos casos de homicídios no país sejam solucionados. Não há o que comparar quanto aos casos de resolutividade no Brasil, que não passam de 9%.” Frisou Sabino impressionado com a estatística do país.

O parlamentar reforçou a importância deste tipo de trabalho, in loco, e disse que ainda há muito para fazer. A previsão é que hoje os parlamentares visitem os carabineiros e, antes da partida para a Colômbia, consigam uma audiência com integrantes do Ministério Público, a fim de avaliar a forma como a instituição analisa e repassa os casos a serem investigados.

 

Compartilhar
ACSMCE
ACSMCE
Este artigo foi produzido por um dos redatores especialistas da base da ACSMCE. Fique ligado, quase todos os dias temos conteúdo novo.

POSTS RELACIONADOS

RELACIONADOS
LOCALIZAÇÃO
Av. Imperador, 1600 - Centro - Fortaleza-CE
CEP: 60015-052
CONECTE-SE
Siga nossas redes sociais e fique por dentro de todas as novidades da ACSMCE.
© 2016 ACSMCE. Todos os direitos reservados